Bem vindos ao meu blog!

Bem vindos ao meu blog!

sábado, 10 de abril de 2010

Ballet



Oi gente!
Hoje vou postar uma das maiores paixão e frustração da minha vida... o ballet!  Sou muito apaixonada pelo ballet.Pra diminuir um pouco desta frustração de nunca ter feito ballet, e ficar mais perto do ballet...fui trabalhar numa academia . A paixão continua e a frustação,também!
balé ou balê (do italiano balletto, pelo francês ballet), é o nome dado a um estilo de dança e a sua performance. O termo deriva do italiano ballare que significa bailar. Os princípios básicos do balé são: postura ereta; uso do en dehors (rotação externa dos membros inferiores); verticalidade corporal; e simetria

História






O balé tem suas raízes na Itália renascentista através das pantomimas (peças de teatro sem falas, utilizando apenas expressões faciais e corporais, geralmente improvisada)que eram realizados por atores e circenses em grandes salões para membros da corte.
O casamento da italiana Catarina de Médicis com o Rei Henrique II da França em 1533 deu um importante impulso para o desenvolvimento do balé. Diversos artistas especializados em grandes e luxuosos espetáculos foram trazidos da Itália. Em 1581 Catarina de Médicis produziu o Ballet Comique de la Reine em Paris sob a direção do músico italiano Baldassarino de Belgiojoso ou Balthazar de Beaujoyeulx, nome que adotou na França. O balé tomou a forma na qual é conhecido hoje na França, durante o reinado de Luis XIII. No ano de 1661, seu filho Luis XIV fundou a Académie de Musique et de Danse, com o objetivo de sistematizar, preservar a qualidade e de fiscalizar o ensino e a produção do balé. Luis XIV nomeou Charles Louis Pierre de Beauchamps para tomar a frente da instituição que foi dissolvida em1780.
Os chamados balés de repertório se baseiam em composições musicais que contribuíram para torná-lo popular na Europa e depois no resto do mundo. Alguns dos balés mais notáveis são: Coppélia, de Léo DelibesO Pássaro de Fogo, de Igor StravinskyO Quebra-Nozes de Marius Petipa e O Lago dos Cisnes de Marius Petipa e Lev Ivanov,ambos com música de Tchaikovsky.
A partir do Romantismo, as mulheres passaram a se destacar e contribuir para o aperfeiçoamento da arte. Marie Camargo por exemplo, criou o jeté, o pas de basque e o entrechat quatre, além de encurtar os vestidos até acima dos tornozelos e calçar sapatos sem saltos.
La Bayadère




                                                                                                                
                                                                        
                                                               
O Lago do Cisne                                                                                                                                     
                                                                    Don Quixote                                                                             

Giselle






                                                                                                  

                                                                      Quebra-Nozes













                                                                                                        

Rozani



4 comentários:

Misturação - Ana Karla disse...

Bom dia Rozani!
Balé é tudo de fino e belo, hein!
Por que não começas o teu balé agora? Será sempre tempo.
Também sempre tive muita vontade de fazer quando criança e mocinha também.
Quando assisto a um espetáculo fico babando.
Lindo demais.
Adorei sua presença no Misaturação e seja muito benvinda.
xeros

Mila Viegas disse...

Ih, já vi que temos coisas em comum. Sou uma bailarina totalmente frustrada. Em minhas duas tentativas de ser bailarina clássica machuquei o mesmo pé (o esquerdo)o que me impediu de continuar dançando.

beijos!

Mara D'Almeida disse...

Puxa Rozani! sempre venho te visitar agora. Amei seu blog, adoro danças em geral e acho o balé encantador, esse, não tive condições de aprender, mas amo ver, assistir. Iniciei com um grupo de dança afro, mas o grupo não foi a frente, mas consegui aprender algumas coisas. Também vou postar para melhor conhecimento nosso. Abraços

Lu Souza Brito disse...

Eeee, mais um ponto em comum: minha paixão e frustração sempre foi o balé.
Paixão por motivos obvios e frustração porque nunca tive condições de fazer (agora com mais de 25 fica difícil né, rsrsr).
Beijoooooos